eSocial 2016 – Cadastro, Cronograma

Saiba mais sobre como realizar o cadastro no e-Social

O e-Social é um projeto do governo federal que tem como objetivo principal unificar o envio o envio de informações pelo empregador em relação a seus empregados. Desde o mês de Outubro está disponível uma ferramenta que facilita o envio destas informações, o recolhimento unificado dos tributos e do FGTS para os empregadores domésticos. Ao realizar o cadastro no e-Social os responsável pelo envio das informações devem ficar atentos para que não haja nenhum erro, empregador poderá usar uma ferramenta que tem o nome de Consulta Qualificação Cadastral para identificar possíveis divergências associadas ao nome, data de nascimento, Cadastro de Pessoa Física – CPF e o Número de Identificação Social – NIS (PIS/PASEP/NIT/SUS) de seus empregados domésticos. Assim o empregador poderá gerar sua folha de pagamento, efetuar demissões e gerar a guia única que consolida os recolhimentos tributários e de FGTS.

eSocial-2016-cadastro

O projeto e-Social é uma ação conjunta dos seguintes órgãos e entidades do governo federal:

  • Caixa Econômica Federal
  • Instituto Nacional do Seguro Social
  • Ministério da Previdência
  • Ministério do Trabalho e Emprego
  • Secretaria da Receita Federal do Brasil
  • Ministério do Planejamento

Neste artigo trazemos algumas dicas e informações importantes para as pessoas que querem saber mais como realizar o cadastro no e-Social. Os informações necessários para gerar o código de acesso para o Portal e-Social são: CPF, data de nascimento, número de recibos de entrega da declaração de imposto de renda pessoa física e título de eleitor. Para efetuar o cadastro do trabalhador no programa e-social são necessário os documentos a seguir:

  • Número do CPF
  • Data de nascimento
  • País de nascimento;
  • Número do NIS (NIT/PIS/PASEP/SUS)
  • Raça/Cor
  • Escolaridade
  • Número, série e UF (Estado) da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social)
  • Endereço residencial
  • Endereço do local de trabalho
  • Data da admissão
  • Data da opção pelo FGTS
  • Valor do Salário Contratual
  • Número do Telefone (Preferencialmente celular)
  • E-mail de contato

Existem o manual do cadastramento no e-Social o que ajudará ainda mais as pessoas a fazer este processo que é uma processo muito simples. Tudo feito pela internet o que facilita ainda mais. O recolhimento do FGTS do empregador doméstico começa a valer a partir de Novembro de 2015, sendo assim obrigatórios, caso não seja feito este recolhimento os responsáveis poderão ser multados.

cadastro-esocial

Caso você tenha esquecido a sua senha de acesso no Portal do e-Social e possível recuperar a senha através do próprio portal. Ao realizar o cadastro no e-Social, certifique-se que o cadastro está correto que não haja nenhum erro para evitar assim futuros problemas com o seu cadastro no e-Social. Criado para abarcar todas as obrigatoriedades dos patrões e empregados, o Simples Doméstico unifica todos os impostos em um único boleto e ainda gera o recibo de pagamento de salários, que deve ser entregue ao trabalhador. Para saber mais informações de como realizar o cadastro no e-Social, acesse o site oficial do programa, lá tem um manual que te ajudara a realizar o cadastro no e-Social. Para saber mais acesse o link a seguir:

www.esocial.gov.br/’

Compartilhe, da trabalho para fazer:

Deixe seu comentário